Direitos do Idoso

Direitos do Idoso 

Estatuto do idosoO Estatuto do Idoso - Após sete anos tramitando no Congresso, o Estatuto do Idoso foi aprovado em setembro de 2003 e sancionado pelo presidente da República no mês seguinte, ampliando os direitos dos cidadãos com idade acima de 60 anos.…
Donativos

Donativos  

Donativos em todo Mundo Ajude a manter nossos Programas sociais de Capoterapia de apoio ao idoso, fazendo sua doação de qualquer parte do mundo. Assim você estará colaborando com o Instituto Ladainha, e Associação Brasileira de Capoterapia, a manter gratuitamente seus Programas Sociais de Assistência ao Idoso. Os Donativos, podem ser realizados através de depósito, transferência bancaria  no Banco do Brasil, ou em pagamentos eletrônicos pelo Pagseguro (Boleto bancár…
Estudo da Capoterapia

Estudo da Capoterapia 

Futuro Méidcos Estadam Idosos Futuros Médicos Estudam Idososo em Brasília. - Grupo de alunos de medicina realiza estudo para identificar o efeito da prática da capoterapia sobre a saúde física e mental de uma pessoa idosa e as mudanças benéficas em seu estilo de vida. A pesquisa feita junto a usuários da modalidade nos postos de saúde da rede pública do DF, nos anos de 2010 e 2011. Encontra-se agora disponível para consulta de todos no Portal Capoterapia.…
Estudo dos Aspectos da Capoterapia

Estudo dos Aspectos da Capoterapia 

Capoterapia, MSPREFEITURA ESTUDA  CAPOTERAPIA  Pesquisa realizada na cidade de Dourados-MS, revela mais uma vez a importância da Capoterapia na vida do idoso que pratica essa atividade como instrumento de atividade física e psicossocial, também como a relevância do estado de promover as politicas sociais de atendimento a saúde do idoso, como previsto em Lei (Estatuto do Idosos)…
Prefeitura de SJP - Paraná

Prefeitura de SJP - Paraná 

PREFEITURA DE SJP INVESTE EM AÇÕES SOCIAIS PARA O IDOSOS número de idosos no Brasil tem aumentado gradativamente. Em São José dos Pinhais, por exemplo, residem cerca de 12 mil pessoas com mais de 65 anos - ou 5% da população. Com objetivo de preservar a saúde física e mental desse público, a Prefeitura Municipal desenvolve diversos projetos, programas e ações. O Programa Maturidade Ativa, por exemplo, existe há nove anos e foi implantado…
Prevenção Medica

Prevenção Medica 

Prevenção a saúdeOs médicos garantem que a prevenção na saúde o idoso, ainda é o melhor remédio. O modelo de saúde adotado atualmente não é adequado para atender às demandas que surgem com o envelhecimento da população, opina o médico Renato Veras, doutor em Epidemiologia do Envelhecimento pela London University. …
Saúde e Bem Estar na Terceira Idade

Saúde e Bem Estar na Terceira Idade  

Saúde na Terceira IdadeVELHICE: A FASE DA MELHOR IDADE Em nossa sociedade há um medo generalizado de envelhecer, isso é perceptível pela busca incessante de um padrão de beleza jovem. Mas de nada adianta fazer dezenas de cirurgias plásticas se a fonte da juventude está no interior de cada um. Pois manter a saúde física e mental é o segredo para fazer da velhice a fase da melhor idade.…
 
 
 
 
Agenda de Eventos
Acompanhe agenda de eventos de Capoterapia de todo Brasil. Acesse pelo menu Mídias & News, ou clique diretamente no dia desejado do mapa a direita da página do site.Saiba Mais
Fórum Capoterapia
Participe do fórum virtual Capoterapia, discuta, debata, tire dúvidas, der sugestões, é um espaço aberto e democrático, para participar basta ser cadastrado aqui no site.Saiba Mais
Livro do Visitante
Assine nosso livro, participe com suas idéias, sugestões, criticas e indicações para isso bastam cadastrar-se no site. Saiba Mais

Bem-Vindo ! - Capoterapia of Brazil and the World

Terapia corporal usa movimentos musicalidades que é usado na capoeira. Praticantes aprendem a viver com mais qualidade de vida.

Força e agilidade. Para se jogar capoeira, é preciso ter preparo. A impressão que se tem Mas um grupo de Taguatinga, cidade satélite de Brasília, é a prova de que é possível praticar capoeira mesmo depois dos 60. 

Foi Mestre Gilvan de Andrade quem criou a chamada capoterapia, uma terapia corporal através dos movimentos da capoeira e que pode ser praticada por pessoas de todas as idades. A ideia foi adotada pelos centros de saúde do Distrito Federal e se espalhou pelo Brasil. 


Mais do que uma atividade física, uma aula de ginástica, a capoterapia é um lugar para convivência, amizade, carinho, alegria. Um lugar onde as pessoas aprendem a viver melhor. 


"Eu tinha problema de depressão, vivia sempre nervosa, chateada, angustiada. Hoje não", conta dona Eulália Serra, de 62 anos. 

"Eu sentia muitas dores e tomava comprimidos. Aqui não", acrescenta dona Maria Silvia de Sales, de 63 anos. 

"Eu não aguentava fazer nada, ficava só sentada ou deitada", lembra Cecilia Anacleta Perdigão, de 74 anos. 

"Eu não abaixava do jeito que eu abaixo hoje", comemora dona Maria Edinar Modesto, de 83 anos. 

O trabalho de Mestre Gilvan com os idosos despertou a curiosidade da Faculdade de Medicina da Escola Superior de Ciências da Saúde. A pesquisa está só começando, mas eles querem avaliar quais são de fato os efeitos da capoterapia. 

"Vemos idosos que tomavam de R$ 600 a R$ 700 em remédios e hoje não tomam nada ou apenas alguns", conta Mestre Gilvan. 

"Os idosos vão perdendo massa muscular, e todo o sistema ósseo e muscular vai enfraquecendo. A atividade física promove bem-estar", diz a médica Maria do Carmo Sorci Dias. 

A equipe do Globo Repórter foi conferir alguns resultados. Dona Noêmia esqueceu a artrose e aos 70 anos parece uma jovem. Dona Cecília, de 74 , sofreu um AVC e precisava de ajuda até para caminhar. Agora faz tudo sozinha. A maior surpresa foi dona Diná: com 83 anos, ela tem uma disposição de criança. Energia que, para ela, vem dos exercícios que começou a fazer há dez anos. 

"Ela era uma pessoa muito nervosa, já amanhecia o dia xingando, irritada com tudo. Depois que começou a praticar atividades físicas, ela mudou totalmente. Hoje ela é uma pessoa de bem com a vida. Ela é feliz demais", conta Aparecida Modesto, filha de dona Diná. 

"Juntando as cinco filhas, nós não temos a metade da disposição que ela tem", completa Ivone Modesto Souza, filha de dona Diná. 

Hoje dona Diná esqueceu as dores. É um sobe-e-desce de escadas, um vai-e-vem. Ela arruma a casa, molha as plantas, varre a calçada. 

"Nós que já temos idade temos que fazer exercício, caminhar, trabalhar, não parar", diz dona Diná. 

E o que ela ainda mais gosta de fazer é cozinhar. Na hora de fazer o bolo, se abaixa com facilidade. Bota os ingredientes – leite, ovo, farinha, polvilho – e se abaixa de novo. 

"O segredo é não ficar à toa", aconselha dona Diná. 

E dona Diná não fica mesmo. Logo cedo, ela veste a roupa da ginástica e vai para a capoterapia. 

"Eu renovei, porque estava uma velha rabugenta", conta dona Cecília. 

"Só vou largar quando morrer. Peço a Nossa Senhora Aparecida para viver muitos anos ainda", revela dona Maria.

Matéria completa   Video

New layer...
Esporte SJP

Prefeitura investe no esporte para idoso

Para atender a grande demanda em função do crescimento da população idosa. Em São José dos Pinhais, PR, o governo municipal tá trabalhando em soluções. 
Saiba Mais
GDF

Capoterapia para 10 mil idoso em Brasília

O Instituto Ladainha e a Associação Brasileira de Capoterapia, negocia com o governo do Distrito Federal, a implantação do Programa Nacional de Capoterapia - PNC. Capoterapia em Brasilia